• Brick Engenharia

MULHERES QUE ENTRARAM PARA HISTÓRIA DA ENGENHARIA

Dia 8 de março comemora-se o dia internacional da mulher e nós não poderíamos deixar de falar de mulheres que fizeram e fazem história na engenharia e nos deixaram um legado importantíssimo para admirar. Vamos conhecer algumas delas!


EMILY WARREN ROEBLING

Você já ouviu falar da Brooklyn Bridge? Sim, aquela ponte super conhecida em Nova Iorque e considerada umas das mais antigas pontes em suspensão dos Estados Unidos. Pois foi graças a essa mulher que a obra da ponte pôde ser concluída.

Emily assumiu a responsabilidade pela obra após o falecimento do seu marido, com quem aprendeu os ofícios da profissão somente acompanhando seu trabalho. Esse feito histórico protagonizado por Emily tornou-a uma referência na luta pelo direito das mulheres de ter acesso a graduação nos Estados Unidos.


ALBA COLON

Sabemos que nos cursos de Engenharia a presença masculina é muito superior a feminina. Na construção civil, nos últimos anos, a presença de mulheres se tornou mais marcante, porém nos cursos de Engenharia Mecânica a porcentagem de mulheres presentes é ainda mais inferior. Portanto, a participação feminina no setor automobilístico ainda é vista com muito preconceito.

Provando que todos os preconceitos existentes contra mulheres no setor são infundados, Alba Colón mostrou com muito trabalho e dedicação que existe muito espaço para as mulheres projetarem carros de corrida e se destacarem. Porto-riquenha, Alba ocupou o cargo de engenheira-chefe da Chevy Racing, equipe da GM na Nascar, categoria correspondente à Stock Car brasileira. Desde jovem, ela sonhava em se tornar uma astronauta. Porém, durante a faculdade de engenharia mecânica, notou que tinha um grande potencial na área automotiva. Após a faculdade Alba foi contratada pela General Motors em 1994. Seu desempenho estelar a levou a liderar a equipe Chevyem 2001. Com muito planejamento e sensibilidade, Alba é responsável pelo design de peças e outras mudanças para deixar o carro mais rápido. Ela ainda foi responsável por projetar carros para pilotos famosos como Danica Patrick, Jeff Gordon e Jimmie Johnson.


APRILLE ERICSSON

Mulher, negra e engenheira. Atualmente, as mulheres na engenharia podem se destacar tanto na área acadêmica quanto no mercado de trabalho. Aprille Ericson é um exemplo vivo disso. Aprille foi a primeira mulher negra a receber o título de Ph.D. em Engenharia Mecânica e Aeroespacial pela Nasa Goodard Space Flight Center.

Na função de engenheira aeroespacial da Nasa, Aprille já executou diversas atividades. Uma delas foi o cargo de gerente do projeto Atlas Instrument. Essa iniciativa consiste na construção de um satélite com instrumento a laser para monitorar as calotas de gelo polar no planeta Terra e as mudanças provocadas nelas por causa do aquecimento global.

Em um país marcado pelo racismo, Aprille Ericson é um grande exemplo de que a participação feminina e negra na engenharia é muito importante para a melhoria dos serviços prestados à sociedade.


VIRGINIA ROMETTY

O área da tecnologia da informação também é uma área predominantemente masculina. Porém, isso não impediu que Ginni Rometty chegasse, em 2012, à função de CEO, principal cargo da IBM, uma das maiores empresas de TI do mundo.

Para chegar a esse posto, Ginni trilhou um longo caminho. Ela entrou na empresa como engenheira de sistemas em 1981, após ter trabalhado para a GM. Além da dedicação e competência, ela conseguiu o sucesso profissional por ser extremamente qualificada, tendo concluído as faculdades de Ciências da Computação e de Engenharia Elétrica.


GWYNNE SHOTWELL

Gwynne é mais um excelente exemplo de como as mulheres na engenharia podem ocupar cargos relevantes. A norte-americana alcançou a presidência da SpaceX, empresa americana que fabrica foguetes.

Uma prova do bom trabalho realizado é que a companhia comandada por ela já chegou a assinar um contrato de US$ 2,6 bilhões com a Nasa. Formada em Engenharia Mecânica, Gwynne Shotwell começou sua carreira na indústria automobilística e participou da fundação da SpaceX em 2002, assumindo o cargo de vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios.


Com esse exemplos, podemos ver o quão relevante pode ser o papel da mulher na engenharia.

É de extrema importância que cada vez mais, papéis de liderança e de altos cargos sejam ocupados por mulheres, para que cada vez mais tenha-se voz e espaço dentro dessa área que possui tanto preconceito e machismo. Essas mulheres servem de inspiração para muitas outras e devemos lutar para que esses exemplos se tornem mais comuns e que cada vez mais o reconhecimento e oportunidade façam parte da vida profissional das mulheres que estão nessa área.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo