• Brick Engenharia

CONHEÇA OS MATERIAIS MAIS SUSTENTÁVEIS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

A preocupação com o meio ambiente e a busca por materiais sustentáveis por parte dos consumidores vem sendo, cada vez mais, um aspecto significativo e decisivo na hora da compra. E no mercado dos materiais de construção não é diferente.

Se antes sustentabilidade era reciclar resíduos e reduzir consumo de energia, água e matéria prima na execução dos projetos, agora é essencial buscar materiais que contribuam com obras sustentáveis em todos os níveis.

A maioria das atuais alternativas torna a obra mais sustentável mesmo após a entrega, quando o cliente começa a utilizá-la, reduzindo consumo de água e energia no dia a dia dos usuários. Existem muitos materiais e tecnologias na construção civil que buscam aumentar a sustentabilidade das obras e reduzir os impactos causados no meio ambiente. Venha conhecer alguns deles:

1) Bioconcreto

O bioconcreto é uma das promessas da tecnologia para a construção civil. Incluindo uma bactéria capaz de produzir carbonato de sódio quando em contato com água e oxigênio na mistura de concreto, calcário é produzido e fissuras são seladas quando líquidos se infiltram nas rachaduras.

A tecnologia ainda não está disponível no Brasil, mas quando chegar, será um dos modos mais ecológicos e econômicos de solucionar o problema. Não será necessário recapear rodovias inteiras e gastar mais concreto para solucionar rachaduras ou aguardar que a situação piore.

2) Telhado Verde

Além de super ecológicos e eficientes, são uma alternativa para obras sustentáveis com um design muito atrativo para os clientes.

A ideia é colocar uma manta de pvc em base impermeabilizada sobre o telhado e aplicar uma camada vegetal. Sim, basicamente, plantar grama no telhado.


Essa cobertura oferece um perfeito isolamento térmico e acústico para o imóvel, reduzindo a necessidade de uso de ar condicionado e aquecedores e, consequentemente, reduzindo o consumo de energia elétrica.

3) Vidro Inteligente

“Sabe a lente transition para óculos?” O processo dos vidros inteligentes é mais ou menos o mesmo. Os controles de transparência desses vidros permitem escurecer ou clarear sua superfície.

Com esse material sustentável, a passagem de luz para uma área é controlada e, com isso, é possível aproveitar mais a iluminação natural do sol, reduzir ou aumentar o aquecimento das salas e reduzir o consumo elétrico.

Se em dias muito quentes a luz do sol tem menor incidência em uma sala, a necessidade de uso de ar condicionado é menor e o controle da quantidade de luz que entra durante o dia reduz a necessidade de acender lâmpadas, por exemplo.

4) Bambu

O uso de bambu em lugar de madeira na produção de móveis e portas já é comum e já contribui muito na sustentabilidade em um imóvel. Para a construção civil com foco em execução de obras sustentáveis, existe, ainda, outra possibilidade

Por sua resistência, o bambu tem sido muito utilizado como substituto do concreto armado. Além disso, estudos estão sendo conduzidos para que, um dia, seja substituto, também, para armação em solo e cimento no lugar do aço.

O consumo de matérias primas minerais e de extração de árvores, que causam grande impacto no meio ambiente, pode ser muito minimizado com esse material sustentável. O bambu cresce rápido e o volume disponível será sempre de alta demanda, além de ser um plantio de menor impacto ecológico.

5) Tinta Ecológica

Usando apenas matérias primas naturais, essas tintas estão revolucionando o mercado. Sua base conta com corantes e óleos conseguidos na natureza e elimina os derivados de petróleo e elementos sintéticos, de forma que ao descascar ou em caso de demolição, não se tornam poluentes químicos no solo.

Outra vantagem na construção sustentável é o fato de não possuir os COVs, ou Compostos Orgânicos Voláteis, sendo menos agressiva para a saúde dos trabalhadores em seu manuseio e não desprendendo químicos que causam problemas respiratórios e afetam a camada de ozônio.






7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo